League of Legends é o jogo mais tóxico da história ?

Imagens de rages de jogadores de league of legends
(Base de roteiro)

Muitos defendem que o jogo league of legends tem a comunidade mais tóxica de toda a história dos jogos online, apaixonados pelo jogo e jogadores casuais entram em acordo neste quesito, mas qual é o limite? Porque isso é ainda aceitável?

Eu particularmente acredito que os E-sports são esportes e um dia estarão no cenário olímpico, mas essa toxicidade não contribui para a argumentação que isso é Não é um esporte?

Neste vídeo vamos desenrolar um pouco deste tema que é muito rotineiro para os fãs não só de league of legends mas também outros mobas em geral, junto de pontos que o Youtuber Vars elencou sobre a raiz desse problema.

O que está em questão aqui, não é a qualidade do jogo ou os valores do jogo, até porque ele foi projetado para ser o ápice da cooperação e companheirismo, você pode estar dando risada sobre isso, mas foi para este propósito que Moba’s foram criados, dentro de um mercado coop que cresce a cada dia mas está bem no começo. A questão que é tratada neste video é a comunidade que se auto declara culpada sem defesa.

Acho que você pode acabar perguntando, mas todos os esportes possuem um nível de toxicidade, alto ou baixo, correto? (Joel Santana brigando com o Somalia, tche tche perninha) e isso é verdade, dos esportes de contato fisico intenso, ou não, como bocha ou tenis.

É da natureza humana provocar, utilizar de trash talking que consiste em provocar de maneira sistemática (imagem de provocação no xadrez), mesmo em esportes que por questão de etiqueta ou regras, isso seja bastante constrangedor como o xadrez, mas quando tratamos de league of legends, estamos falando de um nivel totalmente diferente.

Precisamos entender que o comportamento do jogadores reflete o que é comum em esportes coletivos, tem um fominha, alguém com um ego super inflado que acredita ser o messi, o saitama, o naruto no modo senin, aquele que vai resolver tudo sozinho a qualquer momento.

Não estou dizendo que não é bom ter um senso de competição, o que é o prazer de qualquer esporte, seja e-sports ou esportes tradicionais, mas porque todo mundo se refere a League of Legends como o supremo exemplo de que devemos ter nenhuma fé na humanidade?

Por causa da toxicidade da comunidade, muitos jogadores estão pedindo de volta “o tribunal” que consistia em jogadores julgando outros jogadores, mas como a corrupção também é algo inerentemente humano e também que existia também muita trolagem em sentenças, muita gente também defende que o tribunal nunca mais volte.

Toda comunidade já expressou a sua sede de mudanças em melhor balanceamento, melhor comunicação com a Riot, mas, mais do que isso, expressaram grande descontentamento com o jogo/esporte que tanto amam, pro-players (Imagens de pro players sobre comunidade), jogadores iniciantes (imagens de jogador novato), todos levantam suas vozes, mas a Riot deixa bem claro que não vai propor mudanças estruturais para que o jogo deixe de ser tóxico, já se passaram mais de 10 anos do jogo e o problema persiste.

Eu gostaria de dizer que a porcentagem de jogadores que só querem jogar é alta, mas não dá pra criar um ambiente tão hostil como este sem numero de trolls muito, mas muito alto, a questão também é quantos? 50% vs 50% ? 70% vs 30?

Uma outra coisa que nós rapidamente vemos é que se você esta tendo um dia dificil e quer jogar o lolzinho para relaxar, não faça isso, é bom que assim que você logar no jogo, mantenha uma mentalidade de guerra e pronta para imprevistos, porque eles virão.

Um dia um ruim pode levar a estratégias e movimentações ruins e pessoas podem se decepcionar por causa disso, mas existe diferença entre um jungler que errou infelizmente um smite e uma pessoa que tenta descaradamente perder o jogo de propósito e fica soltando provocações no chat de que todos vocês são “lixos”.

Trabalho em equipe foi desenhado para ser o alicerce principal de toda a dinâmica do jogo, os seus companheiros são selecionados de forma aleatória, é necessário que todos os 5 integrantes estejam bem alinhados sobre como se comportar no jogo para chegar a vitória, mas se apenas um quiser trollar a partida, todo esforço coletivo do time pode ir para o lixo.

É estatisticamente impossível, não importa quão habilidoso você seja no keyboard, você não vai conseguir ganhar em um hipotetico um contra nove, tudo isso significa que jogadores não possuem escolha a não ser confiar uns nos outros para chegar a vitória.

Essa atitude de trolar a ponto de não se importar com a derrota ou vitoria do time, tem uma terminologia própria da comunidade, isso se chama griefing, e muitos jogadores adotam essa postura.

De acordo com a comunidade de lol, um jogador pode ser considerado um griefer quando:

*Dá informações falsas para prejudicar o time
*Gasta inapropriadamente chaves e elementos importantes no jogo de propósito
*Apoia adversários em ações
*Finge jogar extremamente mal
*Bloqueia as ações do companheiro de equipe de forma proposital
*Utiliza de armadilhas e teletransporte para atrapalhar seus proprios companheiros de equipe na tentativa de faze-los tomar dano ou perder tempo
*Joga o mais devagar possível
*Spamma o chat na tentativa de reter a atenção
*Age de maneira diferente do que é proposto do personagem dentro do jogo
Tentativa de Hacking (por exemplo um suporte que se mantem longe dos seus companheiros de equipe)

O jogo desencoraja messi’s e saitamas, ninguém deve levar o time nas costas, além de ganhar uma baita hérnia de disco, também os resultados não serão positivos no numero de vitórias.

Muitos são adeptos na analise dos 40-40-20

40% das partidas, logo de inicio, tem indícios de vitoria garantida
outros 40% demonstram logo de inicio uma derrota garantida e então os restantes 20% são indicativos de que será uma partida equilibrada que definirá um vencedor em base de bom trabalho de equipe, habilidades e poucos erros individuais.

Essa matemática para muitos jogadores pode fazer muito sentido e é amplamente aceita na comunidade, por isso que a média de 95% das contas no jogo, tem entre 40% e 60% de vitórias.

O que foi apontado em pesquisa, é que não importa muito quanto o jogador seja ruim, a média se estabiliza em meio-a-meio, 50% de vitórias e de derrotas.

O fato de um jogador só, poder atrapalhar um time inteiro diz muito sobre a situação atual, humanos são seres que seguem padrões de comportamento até em aspirações, dentro disso, nós queremos ter controle sobre nossas decisões e estabilidade em nossas vidas, ter controle e estabilidade no médio e longo prazo, diminui o estresse em nossas vidas.

Neste jogo você não tem controle sobre os eventos que estão a seguir durante a partida, é bem seguro de dizer que League of Legends é um jogo altamente estressante.

Não importa o quanto o jogo já foi pro lixo por causa de trolls, você precisa se segurar junto dos outros jogadores para manter o time lutando e isso pode levar a frustração e o ao que a comunidade também chama de flaming, que consiste em:

“Provocar os seus próprios companheiros de time para entrar em uma discussão intensa”

Isso pode ser diálogos como, “porque você não faz nada direito” com perguntas afiadas, como por exemplo “você pode parar de matar a gente e destruir o time?”, sem contar com os xingamentos e ofensas como “espero que você tenha câncer”, ou “seu pai vai morrer hoje”. Tudo isso de maneira constante.

É como acender um isqueiro em um galpão de pólvora, até mesmo votações para desistir da partida, podem se tornar um objeto de birra e um exercício de dominação social.

A unica dominação que queremos privilegiar aqui é o do Streaming de Jogos Mobile Gratuito, acesse jogos.aplicativosecia.com.br e se divirta com estes jogos para celular, sem download, só clicar e jogar.

Tudo isso se mistura a outros fenômenos nomeados pela comunidade como por exemplo, “snowballar” ou “snowballing” que é se aproveitar das fragilidades do time adversario e aumentar a vantagem a ponto de não dá tempo dos adversarios pensarem e claro o maior objetivo é destruir com toda a auto estima dos inimigos, aproveitar que klose, muller e khedira já marcaram neste 7×1 de partida de lol, só então, tentar aumentar a vantagem.

O efeito snowball não precisa da adesão de todos os integrantes do seu time, só precisa de um jogador fazendo besteira e cometendo muitos erros num curto espaço de tempo dentro da partida.

Um outro ponto é de que nós queremos ser honestos conosco, parte do problema é que muitos jogadores supervalorizam suas habilidades no jogo e culpam outros players pelas derrotas, e ainda não conseguem entender porque ainda estão no mesmo lugar no ranking, isso é um comportamento natural humano, nunca somos parte do problema, sempre são outros, os outros que estão sabotando os nossos esforços. Ali, no play, todos possuem o mesmo conhecimento, pois não chegariam aonde chegaram, agir com superioridade pode levar a muita tensão dentro do time e com essas faíscas, a explosão é iminente. (Imagem Bomba Nuclear)

Não só em jogos, mas em diversas áreas da sociedade, grupos que possuem grandes habilidades mas pouco ego, são os mais propensos a ter sucesso em projetos, isso não é diferente no League of Legends, não podemos esquecer que o design do jogo favorece o excelente trabalho em equipe sempre.

Além de tratar de egos, comportamentos tóxicos são incentivados se não temos uma punição exemplar aos problemáticos, não existem algoritmos que trabalhem de forma automática para banir condutas anti-competitivas, feeding ou negociações de vitória de maneira escancarada, o ato de negociar com o adversário, a derrota.

A própria comunidade consegue identificar as contas que praticam essas coisas todas as vezes, mas a Riot não presta atenção no que acontece dentro das conversas da comunidade.

Com o orçamento que a Riot possui, junto de grandes avanços no campo de machine learning, isso deveria ser aguas passadas debaixo da ponte, mas estes pontos persistem até hoje e honestamente parecem que vão existir por muito tempo, existe o entendimento que a Riot também não pode ser muito agressiva a ponto de banir jogadores inocentes, sim eles existem e jogam porque gostam do jogo, isso seria muito triste se fossem banidos de forma injusta, esse é um jogo onde egocêntricos fazem a festa, ou seja, tomar report por motivos bestas é algo que acontece de maneira rotineira neste vilarejo rapaziada.

E tudo isso que argumentei neste video, leva a uma consequência natural, comportamento maldoso sem punição efetiva, incentiva a outros fazerem a mesma coisa alimentando um ciclo negativo que afunda a relação entre players.

(imagem jogador que tentou suicidio)
Eu acredito nos E-sports, acredito que eles terão que alugar estádios para finais um dia, mas esportes entregam essencialmente esperança, se um jogo está tirando as esperanças das pessoas, é difícil argumentar que isso seja um esporte, admitir e tentar resolver o problema pode ser a diferença entre vermos os LOL por mais 10, 20 anos, ou não.

Gostou do video, deixe um like e se inscreva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *