A História da Nintendo e Porque ela é Suprema!


Nós não somos fanaticos como o Nerd Nintendista (canal do Youtube) para a Nintendo, mas gostamos do seu posicionamento sobre o que é um jogo divertido, se nós devemos nos render ao o que o mercado julga ser bons jogos, cheios de sangue e conteudo GORE, a Aplitech se baseia muito na Nintendo na hora de criar seus jogos, promover uma plataforma de jogos como o streaming de jogos mobile, de jogos casuais que possui poucos jogos que poderiam ser considerados violentos e quando não existe nenhuma noticia bombástica, é sempre bom entender como chegamos aqui, neste lugar que chamamos de presente.

Por quê não contar a história da Nintendo, uma empresa que está no coração dos brasileiros, mesmo sem receber muito amor, existe muita raiva devido a questão de não legendar e nem dublar os jogos em português, algo que é muito facil para uma empresa do porte da Nintendo, e por essa viabilidade, desperta o ódio até em fãs considerados nintendistas de carteirinha e realmente não conseguimos entender muito o que se passa.

Sabemos que geralmente as empresas desenvolvedoras de jogos e publicadoras no japão, são aversas a qualquer tipo de custo a mais na produção ou no marketing, a filosofia é sempre de que deve-se gastar minimamente em mão de obra e custo operacional para poder criar algo excelente no desenvolvimento dos jogos, eles estão tendo sucesso neste quesito, juntamente de encerrar o seu suporte para o Brasil recentemente sendo reestabelecido somente depois da chegada do Switch, pode ter deixado feridas na administração da Nintendo of America e na matriz Nintendo Japão.

A diferença de preços com os seus principais concorrentes é algo que também machuca os fãs juntamente com os anti-nintendo, a politica de preços melhorou muito em comparação a Sony e Microsoft, mas devemos entender também que o Switch foi lançado bem antes do PS5 e Xbox Series, mas vai explicar isso para os integrantes ferrenhos desta Console War.

Tudo começou com Fusajiro Yamauchi, que vendia jogos de cartas semelhantes a baralho, mas na época o governo japones fez uma linha dura na fiscalização, devido a grande popularidade dos card games, Fusajiro enriqueceu e permaneceu na Nintendo até envelhecer e se aposentar, seus filhos e bisnetos comandaram a nintendo até que ela se transformasse neste monstro multibilionario.

Estes herdeiros em 1959 conseguiram o primeiro grande impulso como empresa, que foi a parceria com a Walt Disney Studios, ou seja, toda vez que você ver algo da Nintendo com a Disney, pode entender que a parceria é antiga de tempos. A parceria foi bem implementada no Japão, com um sistema que oferecia aos clientes, jogos de cartas e brinquedos da Disney, a Nintendo explodiu de ganhar dinheiro com receitas milionarias que surpreendem até hoje mesmo com correção da inflação.

A empresa teve anos e anos de prosperidade economica, mas como qualquer produto, ele começou a se desgastar até que a Disney encerrou a parceria e a Nintendo percebeu que não conseguia encantar os adultos, pois todos os produtos eram direcionados para crianças, começou um periodo dificil onde as ações da Nintendo na bolsa japonesa caíram para preços absurdos de barato.

Por causa dos jogos não estarem bem, a Nintendo tentou entrar em outros segmentos como arroz instantaneo, moteis, taxis e boliche, você já pensou em utilizar estes produtos hoje? e eles falharam miseravelmente, a Nintendo históricamente teve grandes problemas com sindicatos e greves nos seus periodos mais tenros, quando a empresa estava iniciando sua jornada ainda.

A partir dos anos 70 e 80, a Nintendo contratou bons engenheiros de hardware e video, para se aventurar no mundo do divertimento eletrônico, ela até deixou de produzir um pouco de consoles devido a crise do petroleo nos anos 70 causando severas perdas nos lucros da empresa, pois para fazer plastico, você precisa de petroleo, mas assim que a crise foi sanada, ela voltou a ter grandes lucros, a empresa criou o primeiro video-game portatil, o “Game and Watch”, vendendo mais de 40 milhões de cópias e só tendo em catalogo para compra, 59 jogos.

Mas o melhor ainda estava por vir, a Nintendo da America, subsidiaria da Nintendo nos EUA não estava com um momento muito bom para celebrar com champagne, diferente do que estava acontecendo no Japão, estavam até com problemas no aluguel, mas com a ajuda do time de produção de jogos, fizeram uma moral com o dono do escritório-armazem e ainda criaram Donkey Kong e Mario, se você quiser saber a história deles, pode assistir o video que estará no link-card, não vou contribuir muito neste video e artigo, assista e leia o artigo especifico, claro depois deste aqui.

Junto de grandes titulos como Zelda, Mario e Donkey Kong e consoles como o NES e Gameboy, a industria nos anos 80 estava passando por problemas como jogos ruins produzidos em baciada, diminuindo o mercado bilionario de jogos para um mercado que tentava fazer milhões por ano, isso impactou a Nintendo, mesmo com titulos ultra-poderosos.

A empresa deu mancada em algumas situações também, se esperava que a Nintendo fosse a pioneira do CD-ROM e saísse na frente do playstation e outros consoles, mas tentaram romper um acordo inicial para projetar midia fisíca sozinhos e escondidos, resultado, tudo deu errado e o Playstation 1 da Sony marcou a história com um console que foi e é tão amado pela maioria dos jogadores casuais e hardcore, fora o Virtual Boy que foi uma tentativa vanguardista (a frente do seu tempo)com realidade virtual que mal elaborada foi um fracasso retumbante.

Em 1994, devido ao grande numero de jogos muito violentos, a Nintendo fez questão de liderar organizações que tratassem sobre o caminho dos jogos eletronicos, como poderiam chegar na faixa-etária correta e outras discussões necessárias na época e hoje também.

Já pensou comprar vídeos, jogos, informativos pelo pay-per-view no hotel? e jogar tudo num SNES especialmente feito para hotéis e aviões, tudo num joystic que é misturado com um controle remoto de TV? pretendemos escrever um artigo e video sobre este plano da nintendo que durou até 2008, se inscreva no canal do youtube e acesse jogos.aplicativosecia.com.br

Nos anos 90, foi o primeiro impacto que eu tive com 3D, foi com Nintendo 64 que foi lançado naquela época, foi a primeira vez que comecei a sonhar em ter um console como aquele, este sonho não batia tão forte mesmo jogando esporadicamente o SNES e escutando rumores como o Game Boy Color que foi lançado na mesma época era divertido e portatil, era incrível e realmente a sensação no Brasil é que N64 brigava forte com qualquer console até mesmo na chegada do Playstation 1.

Também nos anos 2000, a Nintendo lançou o Game Boy (Advance e SP), Wii, Nintendo DS e Game Cube, o primeiro foi uma febre incrível no Brasil e este pude presenciar de forma mais acompanhada, o console portatil não era barato e jogar aqueles incríveis jogos em qualquer lugar era demais, a série pokemon desabrochou de maneira incrivel e todos estavam capturando pokemons e batalhando, o modo online não era muito bem usado mas ninguém se importava, devido o console ser portátil, as discussões sobre isso nasciam naturalmente.

Já o Game Cube que nasceu em uma parceria com a Panasonic e IBM, por mais que tivesse desempenho melhor na Europa e nos Estados Unidos, no Brasil, ninguém tava nem aí para eles, só queriam jogar no PS2 e aproveitar o imenso catalogo do console e devido a pirataria, tudo era mais facil para encontrar jogos, pois o catalogo do playstation 2 foi o catalogo de jogos mais pirateado do mundo e até hoje você pode encontrar uma barraquinha que vende DVDs e jogos para playstation e Xbox 360.

Nintendo DS foi o próximo passo na época dos jogos portáteis e foi um sucesso, mesmo ainda não obtendo os tais graficos 3D, o tamanho da tela, as animações e fades, melhor hardware e contato por dedo pelo touch, revolucionou o mercado e brigou frente a frente com o PSP, sendo como ponto positivo, mais barato em comparação ao rival, mas mesmo assim não se engane, achar um NDS usado, mesmo antigo hoje, não vai ser barato.

E no caso, fechando os consoles do milenio, eu digo que o Wii foi a melhor coisa que Nintendo produziu na história da compania e vendeu muito e reinou muito, por muito tempo, tudo era groundbreaking, ninguém ligava para graficos tão infantis e simbolicos na maior parte do tempo, ninguém ligava, mas todo mundo se divertia e o console, titulos, tudo não era voltado ao gamer hardcore, diferente do virtual boy, desta vez a Nintendo era vanguardista e acertou em cheio, até hoje penso em comprar um Wii só pra deixar guardado.

Com o desgaste natural de qualquer produto, o Wii foi morrendo e a Nintendo impulsionou o seu sucessor e o 3DS, o Wii U, que é o console mais mal explicado da história, a maioria das pessoas não consegue objetivamente falar sobre o que ele seria de fato, um suporte para o jogo na tv, um controle, um controle e suporte mas qual deve ser destinado o foco principal? depende do jogo? Assim como outros, eu odiei o console portatil, que não é tão portatil, ele era desconfortavelmente grande, parece um tijolo, mas respeito quem goste dele.

Referente ao 3DS, foi um sucesso devido ser algo que todos esperavam do DS, melhor hardware e melhores graficos em 3D, continua sendo vendido, mas as vendas do console foram fortemente prejudicadas pelo crescimento dos jogos mobile em android e iOS, hoje as pessoas pensam 5x para adquirir um portable ao invés de baixar um jogo na loja de aplicativos ou comprar um celular com requisitos de hardware melhores, isso afetou até o numero de jogos produzidos por estudios para o portatil.

A Nintendo enxergou isso a tempo, e resolveu produzir e licenciar jogos mobile com micro-transações, algo que será o futuro, queiramos ou não(eu não gosto deste futuro), mas será este o futuro e pretendemos fazer um video sobre isso, começou a se licenciar o famigerado Pokemon Go, que foi um marco na história dos jogos em realidade aumentada, a empresa esta com um catalogo de games cada vez maior em sua loja na Google Play.

Nos tempos atuais, foi lançado o Nintendo Switch e realmente é um console muito bom, você tem concorrentes como PS5 e Xbox Series que brigam com o Switch mesmo tendo um catalogo muito maior, não conseguem criar uma larga vantagem nesta console wars. Acredito que a Nintendo finalmente fez que a comunidade abraçasse melhor a ideia de portatil e social, diferente de outras iniciativas como DS, 3DS e Serie Gameboys, pois todos tiveram conteudo online para multiplayer, mas nenhum conseguiu se desvincilhar do estigma de console para introvertidos, já o Nintendo Switch, ele conseguiu isso de forma esplendorosa, sem falar que os graficos de cada jogo estão incriveis e absurdos.

A Nintendo mostra quanto é importante ter uma parte da empresa ou do seu tempo em pensar em P&D,(processos e desenvolvimento) seja para os seus negócios, projetos solo, vida pessoal, é sempre importante pensar em o que podemos fazer de novo e alcançar novas pessoas ou melhorar a nossa vida, essa idéia se materializa com a Nintendo, uma empresa que fazia jogos de cartas, agora marcou e marca o mundo de forma até artistica e atemporal, um catalogo incrivel com desenvolvedores e jogos empolgantes mesmo depois de muito tempo após o lançamento dos seus jogos e consoles.

Eu quero que a Aplitech seja igual a Nintendo, claro nos pontos positivos só, quero que tenhamos identidade, isso é dificil fazer, dificil deixar de ser igual, o que importa não é ter só milhões em lucro liquido como a Sony e a Microsoft, não que a Nintendo não se importe com isso (vemos pelos preços salgados dos seus jogos) mas entregar um sentimento, uma linha de raciocínio, quem sabe um dia chegaremos lá. Abrir mão de fazer jogos GORE ou de uma certa temática que reina no mercado agora nos encanta, tudo por um propósito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *